quarta-feira, 21 de abril de 2010

A riqueza que nós temos ninguém consegue perceber...


Não, eu não sou aquelas meninas perfeitas... magérrimas, cabelos impecáveis, roupas caríssimas, que já acordam lindas e maquiadas. Não, eu não chego nem perto disso! Eu não curto modinhas, não estou antenada com os caras mais lindos da MTV, Capricho ou adjacências, nunca curti ser seguidora da mídia. Por favor peço que me perdoem as pessoas que se identificam com esse perfil, também não estou criticando ninguém, quem sou eu pra julgar?

O que estou tentando dizer é que não admiro a falta de personalidade, o silêncio dos instintos, a perca dos valores. E muitas vezes certas pessoas não enxergam isso, não, eu não dou mais importância ao meu cabelo quando vejo uma amiga precisando, eu não me olho milhares de vezes no espelho querendo morrer porque estou acima do peso, mesmo estando.
Eu dou valor as coisas simples, as coisas do coração, eu não quero do meu lado pessoas bonitas, populares, sem nada no cérebro, disso eu tô correndo, prefiro minhas amigas estranhas, que entendem meus dilemas, que me ajudam neles.
Eu não sou linda, eu tenho minhas qualidades, mas beleza extraordinária com certeza não é uma delas...
Eu sei conversar sobre quase tudo, inclusive assuntos do coração, consigo sempre (ou ao menos tento) dar bons conselhos aos que me rodeiam, dou valor as pessoas que me amam (e a algumas que não me amam também), eu leio bons livros, tenho um jardim que eu mesmo cuido, ouço e amo MPB e funk, não consigo permanecer inerte frente aos problemas que as pessoas enfrentam, amo minha família, acredito e confio em Deus, adoro cachorros e converso com eles, não tento ser politicamente correta... e pra falar verdade odeio a idéia de perfeição.
Eu sou isso, não SÓ isso, mas é impossível se descrever em linhas, mesmo que elas sejam infinitas.
Mas se você, é você mesmo, não consegue perceber o meu melhor, não julgue o meu pior.

Boa Tarde a todos!

5 comentários:

  1. Minina, como o título do blog mesmo diz, "Meu mundo que você não vê", por mais que dizemos que aparencia não importa ela importa sim, as pessoas que não nos conhece nos avalia pelo mundo que elas veem. Ninguém segue ao pé da letra o ditado "não julgue um livro pela capa", mas o que adianta pegar um livro bonito e não ter nada dentro?

    Pelo que li, você é uma garota incrível. Tanto por dentro quanto por fora...aparência importa sim (infelismente). Mas você não precisa se preocupar com isso, você é linda.

    [Mensagem entregue]

    ResponderExcluir
  2. Você se conhece e valoriza quem vc é. Isso é importante , em um mundo que vive de aparencias e ditado por modas(aff)

    Belo texto !

    ResponderExcluir
  3. Gostei. Muito bem colocado.
    http://www.danfigueira01.blogspot.com/

    ResponderExcluir